Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Conselho dos Direitos das Pessoas com Deficiência tem nova direção

Publicação:

WhatsApp Image 2017 08 01 at 15 55 13
Maria Helena: "É preciso seguir trabalhando por mais inclusão". - Foto: Karine Viana
Por Vanessa Felippe

Os novos conselheiros e a direção executiva do Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Coepede), eleitos em 24 de março, foram empossados hoje pelo vice-governador, José Paulo Cairoli, e pela Secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, em solenidade no Palácio Piratini. A nova direção para o biênio 2017/2019 tem como presidente Rotechild Prestes, vice-presidente Valdair da Rosa Silva e secretária executiva Lisandra Sandra. 

"As dificuldades vencidas por vocês nos inspiram e motivam. Estamos vivendo um momento de transição no Rio Grande, onde o nosso foco principal é melhorar a vida das pessoas", disse Cairoli.

Maria Helena destacou a importância de seguir enfrentando os obstáculos e o preconceito.  "As políticas para as pessoas com deficiência evoluíram muito nos últimos anos, mas precisamos seguir trabalhando para vencer as barreiras que ainda existem e construir uma sociedade com inclusão de fato. Boa sorte aos novos conselheiros e contem com a gente", disse Maria Helena. 

O processo eleitoral foi conduzido pelo coordenador de Políticas para Pessoas com Deficiência da SDSTJDH, Adilso Corlassoli. O novo presidente do Coepede disse que, no seu mandato, vai dar sequência ao trabalho da direção que sai, trazendo novas ideias. "Seguiremos todos unidos e estaremos abertos ao diálogo com todos os conselheiros. Vamos fazer uma gestão compartilhada e cooperativa", salientou.

O Coepede foi criado em 2005 e é um órgão representativo e colegiado, paritário, de caráter permanente, consultivo, deliberativo e fiscalizador da política estadual da pessoa com deficiência. É constituído por oito secretarias de Estado: Planejamento, Governança e Gestão; Educação; Saúde; Segurança Pública; Transportes; Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos; Cultura, Turismo, Esporte e Lazer; Obras, Saneamento e Habitação; e mais a Defensoria Pública do Estado; quatro conselhos municipais de Pessoas Com Deficiência e 13 entidades da sociedade civil.


CLIQUE AQUI para ver os conselheiros do Coepede.

Gabinete de Políticas Sociais